Significado de odontologia sistêmica

Significado de odontologia sistêmica

Se antes a odontologia se preocupava apenas com a saúde bucal e estética, hoje ela é bem mais abrangente e um grande auxilio no bom funcionamento do corpo de maneira geral.

A situação da boca pode interferir em todo o organismo e é justamente isso que a odontologia sistêmica investiga. Para entender melhor sobre o assunto e como essa nova vertente realmente funciona, não deixe de ler o conteúdo de hoje até o final!!!

Odontologia sistêmica?

Vamos analisar a saúde da boca de forma bem mais abrangente que o normal. Isso porque temos que considerar que existem organismos e bactérias que podem atingir o corpo de modo geral — tudo isso, porque nossa boca é a principal porta de entrada!

Esses organismos e bactérias podem interferir em várias esferas, como o comportamento físico, familiar, social e em várias outras vertentes.

Isso porque, como as gengivas são compostas por muitos vasos sanguíneos e alguns hábitos podem ser os responsáveis por provocar o rompimento de algumas delas, isso faz com que as bactérias passem para a corrente sanguínea, podendo atingir e se espalhar por várias partes do corpo. Alguns exemplos são articulações, doenças cardiovasculares e até mesmo provocar os partos prematuros.

Significado de odontologia sistêmica

Como funciona?

Com uma visão mais ampliada, é fundamental que o profissional se especialize e entenda um pouco melhor sobre como esses problemas podem atingir o corpo.

A prática foi regulamentada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) em 2008, reconhecendo o papel do dentista nessas práticas complementares.

Tudo isso é feito por meio de uma higiene bucal completa, então é fundamental que o contato com o dentista seja feito, pelo menos, a cada 6 meses.

Realmente funciona?

Veja influência da odontologia sistêmica em algumas doenças:

Ansiedade

Quem fica muito ansioso pode apresentar uma facilidade maior para desenvolver bruxismo — aquele ranger de dentes durante a noite. Conforme se desenvolve, a doença pode provocar complicações, deslocando a mandíbula e nos ossos da face.

Diabetes

Quem apresenta hálito de acetona pode sofrer de diabetes e nem ao menos saber. Nesse caso, o paciente passa por inflamações na gengiva, feridas e boca seca. Esse cenário favorece o aparecimento de doenças periodontais — o que prejudica o tratamento de diabetes e vice-versa.

Agora que você já sabe a importância da odontologia sistêmica, compartilhe este post nas redes sociais e contribua para que outras pessoas tenham acesso a essas informações!

 

Até o próximo post!!!

Dra. Watuse Miranda

CRO: 34994 / EPAO: 37191

Especialização: CTBMF

Mestre: Universidade Federal de Uberlândia

 

Contamos com 2 unidades para melhor lhe atender, faça sua avaliação:
(34) 9.9212-5752
(34) 9.9227-0068
Aproveite e siga nossas Redes Sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/praticodonto/

Facebook: https://www.facebook.com/PraticOdonto/

Deixe um comentário

Abrir WhatsApp
Podemos ajudar?